Para enfrentar o período mais quente na região Norte, a prevenção com uso de protetor solar é palavra de ordem

Câncer de pele representa 18% dos casos, colocando esse tipo de câncer no terceiro lugar do ranking na região

As férias escolares estão chegando ao fim, mas o verão continua intenso até os próximos dois meses, pelo menos. E para enfrentar o período mais quente na região Norte, a prevenção com uso de protetor solar é palavra de ordem para evitar o câncer de pele que é o vilão com um índice de até 33% de todos os tipos de cânceres. O Instituto Nacional do Câncer (Inca) considera a taxa muito alta.

Na região Norte, a doença tem mais ou menos esse índice incidência, principalmente por não existir as estações definidas, sendo praticamente verão, calor, sol o ano inteiro. O principal agente causador do câncer de pele são os raios ultravioleta, no caso os raios UVA e UVB, então o sol é o principal agente causador do câncer de pele.

Unacon é referência no tratamento de câncer no sudeste paraense
Unacon é referência no tratamento de câncer no sudeste paraense

Referência no tratamento de câncer no sudeste paraense, a Unidade de Alta Complexidade em Oncologia Dr Vitor Moutinho (Unacon), em Tucuruí, onde, no mês de junho, foram registrados seis casos de câncer de pele, num total de 33 novos pacientes atendimentos, que representa em torno de 18%, colocando esse tipo de câncer no terceiro lugar do ranking na região.

A unidade funciona em frente ao Hospital Regional, na Vila Permanente
A unidade funciona em frente ao Hospital Regional, na Vila Permanente

Segundo a médica Miriam Cristina Campolina Cenachi, diretora técnica da Unidade, “as pessoas com a pele clara, são mais predispostas, mas todos, independente da cor da pele, temos uma tendência a ter esse tipo de câncer, caso a exposição ao sol seja frequente e contínua”, comentou ao alertar que o câncer de pele é uma doença, muitas vezes, prevenível, por meio de algumas medidas diárias, entre elas, o uso do protetor solar, preferencialmente, fator 50 para todos os tipos de pele e em todas as áreas do corpo expostas ao sol, sugere a oncologista

Ela reforça uma informação que a maioria das pessoas já sabem e apenas algumas praticam: evitar a exposição ao sol das 10h às 16:00 da tarde, que é realmente quando os raios UVA e UVB são mais agressivos. Também o uso do chapéu,  óculos escuro de sol, abrigo em  barracas com proteção de algodão, que absorve até 50% dos raios UVB, são outras alternativas de proteção contra a agressão solar na pele.

Dezembro_Laranja_07

Miriam Cristina reforça a necessidade com os cuidados e observação na pele, como por exemplo, surgimento de manchinhas ou pintas estranhas no corpo, especialmente, as que mudam de tamanho, forma  ou coloração, ou ainda, que comecem a sangrar, ou feridas que não cicatrizem. “Nesses casos deve procurar um profissional especializado, se possível ao dermatologista, para passar por avaliação, diagnóstico e se necessário o tratamento”. Ela aponta que o tipo mais agressivo de câncer de pele é o melanoma. No entanto, o mais frequente é  do tipo Espinocelular e bazo celular,  mas eles tem uma resposta melhor ao tratamento, principalmente quando diagnosticados precocemente. Então fica a dica: para evitar qualquer tipo de doença, o importante mesmo é a prevenção.

Serviço

A Unacon Tucuruí é uma unidade de saúde do governo do Estado, administrada pelo Instituto Nacional de Desenvolvimento Social e Humano (INDSH), em parceria com a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa). A unidade funciona em frente ao Hospital Regional, na Vila Permanente. Mais informações pelos telefones (94) 3778-4928 e (94) 3778-4599.

Por Vera Rojas / Ascom Unacon

DEIXE UMA RESPOSTA